Ginchin Funakoshi

De Wiki_Sol_Nascente
Revisão de 14h45min de 9 de novembro de 2016 por Master (discussão | contribs)

(dif) ← Edição anterior | Revisão atual (dif) | Versão posterior → (dif)
Ir para: navegação, pesquisa
Gichin.gif Gishin Funakoshi nasceu em 1869 em Shuri, distrito de Yamakawa-Cho, Okinawa, filho único prestou exame na Escola de Medicina de Tóquio, no qual foi aprovado, mas devido à uma nova lei que proibia aos homens o porte do CHON MAGE (símbolo de virilidade e da maturidade) não pôde realizar seus estudos. E por esse motivo voltou-se para a pratica e estudo aprofundado do Karatê, no qual se tornaria posteriormente seu representante maximo.


Ele tinha uma personalidade marcante e alguns aspectos como natural benevolência, distinção de maneiras e ímpar gentileza e respeito a todos ,alem de uma energia forte, muita coragem, determinação e força mental altamente capacitada ,o tornaram uma figura que, para muitos era sinônimo de alguém "mais que humano" - um "tatsujin" (indivíduo fora do comum) ainda mais se contrastando suas virtudes com seu porte físico pequeno (1,67m. para 67 Kg.),sendo admirado por seus contemporâneos. Na sua época a prática das artes marciais era proibida no Japão, e ele treinava em segredo, onde era obrigado a repetir à exaustão o mesmo KATA,(como escrevera em suas memórias), sem que seus movimentos chegassem à uma grande harmonia e precisão era proibido de passar a um novo Kata, sem a permissão de seu mestre, o que lhe tornou um exímio mestre.

Em 1922, fora escolhido para representar a arte de Okinawa em uma apresentação em Tóquio para demonstrando o Karatê. Como já tinha mais de cinquenta anos, não correspondia, ao mito do 'budika terrível" que o Japão procurava fazer sobreviver, na época, e mesmo assim a sua apresentação foi muito bem sucedida. Muitos aspectos da personalidade de Funakoshi passaram a ser conhecidos através de histórias daqueles que conviviam com ele, como por exemplo Genshin Hironishi, seu discípulo que dizia que seu mestre se opunha às gerações vindas após a Segunda Guerra Mundial, pois continuava a seguir hábitos de sua época, anterior á Primeira Guerra Mundial. Dizia ele que Funakoshi se recusava a freqüentar uma cozinha ou a pronunciar certas palavras japonesas modernas, existentes em sua época dizendo que sem elas passava muito bem.Uma outra peculiaridade interessante em seu comportamento, é que a primeira coisa que ele fazia era sua toalete matinal que durava cerca de uma hora; durante a qual escovava seus cabelos com infinita paciência, quando então voltava-se em direção ao Palácio Imperial e o saudava com respeito inclinando-se ,e após fazia a mesma saudação à Okinawa. Depois desses rituais tomava o chá da manhã, e se reiterava de seus afazeres do dia.Sensei Funakoshi deixou-nos, muitos pensamentos, que espelham a filosofia do Karatê e suas técnicas , bem como a sabedoria oriental. Além disso, deixou-nos dois importantes caminhos que levam à uma vida harmoniosa, são eles o Dojo Kun e o Niju Kun que são os lemas do Karatê, os quais devem ser seguidos por todos os karatecas.


Gichin Funakoshi - Tekki Shodan Gichin Funakoshi - Heian shodan
Gichin Funakoshi - ipon kumite